Festival Unidos Pela Vida

Unidos pela vida

O Unidos pela Vida nada mais é do que a união dos Hospitais Filantrópicos de Curitiba, que resolveram juntar forças em favor da vida para melhor enfrentar a COVID-19, sem prejudicar o atendimento a todos aqueles que precisam de cuidados médicos hospitalares.

Lendas e jogos de azar: uma ligação através do tempo

Nos últimos meses, os Hospitais estão passando um momento delicado, deparando-se com uma nova realidade de atendimento, em que está sendo necessário capacitar constantemente suas equipes, utilizar equipamentos de proteção em quantidades nunca antes necessárias, paralelo à mudança do perfil de atendimento dos Hospitais e o aumento desenfreado no custo de insumos hospitalares vitais para o enfrentamento da doença.

Música e bandas sonoras latino-americanas no mundo do jogo online

No intuito de buscar ajuda financeira nessa luta contra a pandemia, considerando a importância da continuidade da prevenção e proteção, o Unidos pela Vida solicita apoio financeiro e humanitário da população para a causa da saúde. Todo o valor captado será igualmente repartido entre as 10 instituições e então revertido para o apoio e o custeio hospitalar em combate ao CORONAVÍRUS, entre eles a compra de equipamentos de proteção para pacientes e profissionais de saúde, respiradores e monitores.

O que é um Hospital filantrópico?

É um hospital sem fins lucrativos, em que, no mínimo, 60% de seu atendimento são aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Para se integrar nesse perfil, a entidade possui o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social na Área de Saúde (CEBAS), o qual é concedido pelo Ministério da Saúde.

POR QUE AJUDAR?

O mundo enfrenta um momento muito difícil, no qual itens como equipamentos de proteção individual e produtos hospitalares estão em falta. Além da quantidade insuficiente, o preço elevado desses produtos traz grande dificuldade financeira aos hospitais. Uma caixa de máscara, que antes custava R$ 5, hoje, por exemplo, está sendo vendida a R$ 200.

A troca desses equipamentos de proteção deve ainda ser feita várias vezes ao dia. Para atender um paciente internado com COVID, um hospital chega a utilizar, por mês, até 1.200 aventais (que pode variar com a quantidade de Hospitais que atenderá o paciente), o qual deve ser trocado pelo profissional de saúde ao entrar e sair do quarto.

COMO AJUDAR?

Apoie. Doe!

Escolha o valor e faça sua doação. É fácil, rápido e seguro!

Você pode fazer a doação de qualquer quantia.

A Live Festival Unidos pela Vida, com a apresentação de artistas e músicos da cidade, será transmitida no dia 16 de maio no canal do YouTube do Festival, com duração de seis horas.

O objetivo é proporcionar entretenimento e conseguir ajuda financeira aos Hospitais na luta contra o COVID-19. O valor será revertido para o apoio e custeio hospitalar em combate ao CORONAVÍRUS, entre eles a compra de equipamentos de proteção para pacientes e profissionais de saúde, assim como respiradores e monitores.

O Festival conta com o apoio de artistas curitibanos e nacionais, de veículos de comunicação e de empresas engajadas na causa. Mas para assistir, tem que estar em casa, hein?

Hospital Pequeno Príncipe

É hoje o maior hospital pediátrico do Brasil, sendo referência em alta e média complexidade. Realiza anualmente cerca de 300 mil atendimentos ambulatoriais, 22 mil internações e 20 mil cirurgias, tendo 70% de sua capacidade dedicada ao atendimento pelo SUS.

Santa Casa de Curitiba

Foi o primeiro hospital de Curitiba e hoje atua intensamente na urgência e emergência a pacientes cardíacos, transplantes e outras 24 especialidades de alta complexidade, atendendo anualmente mais de 150 mil pacientes do SUS. Foi criado para enfrentar a epidemia Cholera, em Paranaguá, no séc. XIX e enfrentou diversas outras, como a gripe espanhola, sarampo, varíola e H1N1. Já abriu 10 novos leitos de UTI devido à COVID-19 e dedica setores inteiros à pacientes com Coronavírus.

Hospital São Vicente

Fundado em 1939, o Hospital São Vicente possui atendimento de alta complexidade, com ampla atuação no transplante de fígado e rim, e nas áreas de Oncologia e Cirurgia. Desde 2002, a instituição é gerida pela Fundação de Estudos das Doenças do Fígado Koutoulas Ribeiro (FUNEF).

Hospital Erasto Gaertner

É o maior Câncer Center do Sul do país e atende, em média, 55 mil pacientes por ano, chegando a realizar mais de 2 milhões procedimentos neste período. O hospital é filantrópico e mantém o foco de suas ações em prevenção, diagnóstico, tratamento, ensino e pesquisa do câncer. Atualmente, possui duas unidades para descentralização do atendimento oncológico no interior do Paraná: em Irati e em Paranaguá. É o primeiro hospital do Estado a oferecer um Hospice (especializado em cuidados paliativos) com atendimento SUS e está prestes a inaugurar o único hospital oncopediátrico do Paraná, o Erastinho.

Hospital Cruz Vermelha do Paraná

Fundado em outubro de 1947, o Hospital Cruz Vermelha é um hospital geral, de ensino e filantrópico. Presta assistência a pacientes Clínicos e Cirúrgicos, tendo atenção especial à Medicina Hospitalista, Medicina de Emergência, Ortopedia, Urologia, Cardiologia e Cirurgia Geral, além de ser referência no atendimento ao Idoso. Diante da situação pandêmica atual, atualmente estão disponíveis 53 leitos para atendimento exclusivo à COVID-19, com capacidade de ampliação até 92 leitos em Unidades de Contingenciamento para atendimento de Síndromes Respiratórias.

Hospital Universitário Evangélico Mackenzie

É um hospital geral e de alta complexidade, onde são realizados mais de um milhão de atendimentos e procedimentos por ano nas mais diversas especialidades. O local é referência no Sistema Único de Saúde (SUS) de Curitiba, especialmente em casos de Urgência e Emergência, queimaduras e gestação de alto risco. O HUEM é resultado de uma ação filantrópica consolidada, utilizando-se de profissionais capacitados e das técnicas mais avançadas, a fim de prover a melhora na qualidade de vida das pessoas, em harmonia com os princípios cristãos.

Grupo Hospitalar Nossa Senhora das Graças

Nos últimos anos, o Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG) se dedicou em administrar outros hospitais que atendem, em sua maioria, usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). O HNSG foi escolhido pelas Filhas da Caridade para congregar todos os hospitais da Companhia no Sul do Brasil, formando assim o Grupo Hospitalar Nossa Senhora das Graças, um dos maiores Grupos de Saúde do país, composto por seis unidades hospitalares, todas contam com alguma forma de suporte do Hospital Nossa Senhora das Graças e seguem os valores do Carisma Vicentino.